Personalizar Pólos? O único limite é mesmo a sua imaginação!

imagem de capa

Se também somos especialistas em personalizar pólos? A resposta é um claro, sim!

Estamos claramente na presença de um verdadeiro fenómeno indiscutível do mundo da moda, e hoje em dia, quem não tem pelo menos um, ou mesmo vários pólos no seu guarda-roupa?

.

Confortável, desportivo e elegante, o pólo enquanto peça de vestuário é sinónimo de estilo e qualidade implícita e intemporal, sendo estas, algumas das principais razões por detrás da sua verdadeira popularidade.

Na Maudlin Merchandise temos uma enorme variedade de marcas, modelos, cortes e cores para personalizar pólos, sejam eles pólos para homem, pólos para senhora e pólos para criança, para além de ainda termos opções seja de pólos de manga curta e pólos de manga comprida, com ou sem bolso e em diversas gramagens.

Pólos personalizados

.

Onde e como surgiu exactamente o Pólo? Vamos clarificar o melhor possível!

Poucas peças de vestuário se podem orgulhar de serem um verdadeiro clássico e ícone intemporal da moda como o pólo. Estamos a falar de um elemento básico e essencial de qualquer guarda-roupa moderno, mas provavelmente, nunca se perguntou como e como recebeu o nome de pólo, certo?

.

Início Século XIX

A origem exata do pólo é desconhecida, mas a sua estreia de forma mais “massificada”, remonta ao final do século XIX, mais exactamente em Manipur, na Índia, local do seu nascimento oficial.

Depois de os soldados britânicos “estacionados” na Índia terem assistido a um jogo de pólo, decidiram criar o seu próprio clube. Fruto do mesmo, o desporto foi crescendo em popularidade junto do exército britânico e plantadores de chá britânicos na Índia, com uma falange de jogadores enorme.

.

Claro que as atenções se viraram de imediato para o traje tradicional da época, que era constituído por camisas grossas de manga comprida feitas a partir de algodão e que eram tudo menos confortáveis, daí ter surgido a ideia de prender os colarinhos das camisas com botões, para os impedir de bater enquanto galopavam em campo.

.

Final Século XIX

John E. Brooks, neto do fundador da Brooks Brothers nos Estados Unidos da América, chegou a Inglaterra em viagem de trabalho e enquanto assistia a um jogo, reparou num detalhe peculiar: que os colarinhos tinhas sido abotoados para evitar que batessem com o vento.

A ideia foi levada no regresso a casa, com a Brooks Brothers a aplicar colarinhos nos seus modelos de camisa, tendo sido oficialmente introduzida em 1896, tornando-se a icónica camisa pólo formal “Button-Down”, mudando para sempre o mundo da moda masculina.

.

1920

Próxima data de destaque na história do pólo. Porquê? Data em que Lewis Lacey, um vendedor de roupa e pólos argentino-irlandês, abriu uma loja de vestuário masculino em Buenos Aires, e começou a vender os mesmos.

.

1926

A ascensão do pólo enquanto peça de vestuário para outro patamar, estará sempre ligada ao tenista francês Rene Lacoste, sendo-lhe atribuído o crédito de criação da actual camisa pólo.

Tal como no caso do pólo (desporto), a roupa para ténis era altamente desconfortável (para ter uma ideia, inicialmente, estávamos a falar de camisas de manga comprida e com botões, em que era preciso arregaçar as mangas, e para ajudar à festa, kit final com calça e gravata de flanela (símbolo de status associado ao desporto na altura).

.

Claramente insatisfeito, Lacoste aproveito o facto de ser o número um do mundo na altura, para criar uma alternativa mais alinhada e adaptada às reais necessidades do desporto, optando por um design com manga curta, um colarinho sem botões, e não menos importante, a introdução do algodão pique na altura, que não só se traduzia em uma maior durabilidade, mas mais importante que isso, numa maior respirabilidade do tecido, que foi um fator crítico no processo de consolidação da marca.

.

1933

Em parceria com o seu amigo e fabricante de malhas Andre Gillier, Lacoste fundou a La Société Chemise Lacoste, empresa responsável pela produção das míticas camisas pólo macias.

.

1951

Ano em que Lacoste tem mais uma ideia brilhante. E que tal começar a produzir pólos em cores diferentes do que apenas branco (que era a norma na altura)? Foi também o ano que coincidiu com a expansão da empresa para os Estados Unidos, catapultando a marca e o pólo enquanto peça de vestuário para níveis estratosféricos de popularidade.

.

1954

Fred Perry, outra lenda do ténis da altura, decidiu que queria criar a sua própria versão da criação de Lacoste, mantendo o algodão pique, mas introduzindo um detalhe de aprimoramento de design (logo bordado em vez de aplicado a quente).

A sua popularidade garantiu que se criasse um concorrente de peso à Lacoste, com uma adopção generalizado ao nível dos públicos mais jovens. No entanto, seria apenas quando um Nova Iorquino, de seu nome, Ralph Lauren, que a camisa pólo se tornaria realmente a camisa pólo 😉

.

1972

A próxima data de destaque na história do pólo, foi exactamente 1972, ano em que Ralph Lauren quis dar à sua nova empresa de vestuário mais casual uma marca que ao mesmo tempo retratasse sofisticação e atemporalidade, incluindo a camisa pólo como parte essencial da produção e aumentando ainda mais a sua popularidade.

.

Anos 90

Década em que a camisa pólo passou a fazer parte do vestuário informal padrão de negócios e da indústria de alta tecnologia, estendendo-se mais tarde a outras indústrias.

Um fenômeno indiscutível da moda, a camisa pólo é confortável, elegante, desportiva e inabalavelmente popular, por isso enquanto estiver a percorrer a nossa selecção de produtos, não deixe de pensar um pouco sobre a histórica riquíssima da mesma.

.

Bem sabemos que este “breve” resumo da história do pólo, deve ter parecido mais uma partida de ténis disputada a 5 sets, com todos a serem decididos no tie-break, mas tentámos ser o mais assertivos possível! A realidade é que estamos mesmo a falar de muita história já 😉

Como já referimos, a Maudlin Merchandise também é especialista em personalizar pólos, garantindo estampagens e bordados com a melhor relação qualidade / preço do mercado, ao jeito do que nos caracteriza.

.

Em termos de opções o único “problema” que vai ter é mesmo escolher, por isso a nossa recomendação é sempre que consulte as nossas tabelas de preços para ter uma noção mais real dos valores de que estamos a falar, bem como de um pedido de orçamento personalizado, ao qual responderemos com todo o gosto.

.

Estamos bem cientes da excelente qualidade de todos os nossos produtos, processos de produção e acompanhamento do cliente ao longo de todo o processo, o que nos torna um dos players de eleição no mercado nacional!

.

Vamos trabalhar em conjunto? Não hesite em contatar-nos!

estampagem têxtil

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Personalização Têxtil

Estamos disponíveis para te ajudar a criar a tua marca de roupa ou o teu merchandise personalizado com os teus próprios logótipos.

Trabalhamos para empresas e privados sem mínimos de produção.

Posts Recentes
Segue-nos