Patrocinios. Boa ou má ideia? (Video)

Quando iniciámos a Maudlin Merchandise como marca de roupa, uma das primeiras coisas que fizemos foi procurar algumas bandas que considerámos adequadas para oferecer patrocínios. Como já seguíamos o Underground Português desde a adolescência, não foi difícil fazer uma pequena lista de bandas que sentíamos que conseguiríamos uma ligação muito interessante e duradoura. Com o tempo fomos retirando o patrocínio a algumas dessas bandas por esta ou aquela razão, mas há algumas com quem mantemos uma forte ligação agora enquanto empresa de estampagem de t-shirts.

.

Somos patrocinadores dos TRIPLET, uma banda fantástica com vocalista feminina e com uns valores de vida muito próximos dos nossos. Também os Defying Control, que recentemente fizeram uma tour pelo Brasil continuam a ser patrocinados por nós e embora já não retiremos muito destes apoios pois alterámos o foco da nossa empresa, consideramos essas bandas como família e a família é para se ter sempre junto ao coração.

.

Nós apoiámos algumas bandas logo de inicio porque o nosso público alvo sempre foram os amantes de música e porque sempre nos integrámos neste público, tendo conhecimentos em bandas e promotores já anteriores ao inicio da Maudlin Merchandise. Pareceu-nos correcto fazê-lo logo de inicio e penso que retirámos alguns frutos disso. Mas fica a pergunta; será que a sua marca de roupa o deverá fazer?

.

Quando começa uma marca de roupa é importante procurar formas de a publicitar de forma barata e eficaz até porque já investiu bastante dinheiro nas suas t-shirts e ainda não tem qualquer dinheiro das vendas a entrar. Depois de vender algumas t-shirts a familiares e amigos, torna-se importante publicitar a sua marca um pouco mais fora do seu meio familiar. Publicidade online é algo demorado, os sites podem demorar algumas semanas a ser indexados pelos motores de busca e fazer publicidade em revistas é algo custoso financeiramente para uma empresa jovem. O que resta, portanto? Nós consideramos que patrocínios são uma excelente ideia. Tem a hipótese de patrocinar bandas, skaters, bodyboarders, surfers, inliners e muitas mais tribos. O mais importante é que ofereça patrocínios a pessoas ou grupos que tenham visibilidade e uma base de seguidores. De que vale patrocinar alguém que não tem qualquer visibilidade? É tão útil como utilizar você - um desconhecido - as suas t-shirts; tudo pelo custo de 2 ou 3 t-shirts. Se estiver a fazer a coisa bem feita, bastar-lhe-à vender 2 t-shirts para recuperar o "investimento" no patrocínio.

Hoje vamos falar essencialmente de bandas já que é o grupo onde nos sentimos mais à vontade e qualquer comentário poderá ser extrapolado para os outros grupos de que já falámos anteriormente.

.

Ao patrocinar uma banda, terá um grupo de pessoas que vão andar regularmente com as suas peças. É importante que exija que utilizem as suas t-shirts em alguns concertos enquanto andam em tour (quanto maiores os concertos, melhor para si!). Também deverá exigir que façam parte de uma sessão fotográfica a utilizar as suas t-shirts e que, caso gravem um videoclip, pelo menos um membro da banda utilize uma das suas peças. Coloque essas fotos no seu site e promova-as o máximo que puder através de banners, páginas especiais, etc. Quando os fãs souberem que os seus heróis utilizam as suas t-shirts, poderá esperar algumas encomendas.

Se tiver a possibilidade de ir a concertos das bandas que apoia, peça que falem na sua marca enquanto estão em palco e procure falar com o promotor do concerto para poder vender as suas t-shirts durante o concerto ao mesmo tempo que as bandas utilizam as suas peças. Isso fará com que as pessoas lhe dêem mais atenção, não se esqueçam de si e comprem as suas t-shirts. Distribua flyers da sua marca à entrada; não se esqueça de colocar o seu site e endereço de e-mail, bem como uma pequena amostra em formato digital das suas t-shirts.

.

Faça o que fizer, não ofereça patrocínios a qualquer tipo de banda. Imaginemos que as suas t-shirts têm sangue e caveiras; certamente uma banda pop ou indie não serão as ideais para patrocinar com esse tipo de design. É importante saber em que segmento se encontra a sua marca e que segmento de bandas lhe interessam também porque patrocinar a banda errada não lhe trará qualquer benefício e apenas o fará perder tempo e dinheiro. Certamente, um fã de música pop não vai comprar uma t-shirt com caveiras ou sangue.

Vai receber também muitos pedidos para patrocínios de bandas que não lhe interessam. Vão-lhe prometer vendas e que utilizam as suas t-shirts em todos os concertos, mas na maior parte dos casos não conseguirão fazer nada até porque estão a prometer exactamente o mesmo a mais 10 marcas de roupa diferentes. Apenas lhe interessam bandas que realmente tenham uma base de fãs e que você sabe que têm algum talento e que poderá ter uma relação duradoura com elas.

.

Enquanto marca de roupa, nós viajámos um pouco por todo o país com algumas das bandas que patrocinámos. Fizemos amigos para a vida em cidades tão distantes como Bragança e Faro, passando pelo Porto e Lisboa, Coimbra e Viana do Castelo. Conhecemos pessoas fabulosas, vendemos as nossas t-shirts e ganhámos muitos fãs e seguidores. Podemos dizer que a venda de t-shirts é algo secundário quando nos divertimos tanto e conhecemos tantas pessoas e ainda hoje visitamos estes nossos amigos com regularidade.

Se não se está a divertir com o que faz, é porque não o está a fazer bem e mais vale desistir porque nunca irá a lado nenhum. Neste negócio, o crescimento da empresa deverá estar directamente ligado à sua diversão.

.

.

E você? Apoia bandas ou apoiaria se tivesse uma marca? Acha que é uma boa técnica para ganhar clientes ou conhece melhores?

estampagem têxtil

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

7 respostas

  1. Eu se tivesse uma marca apoiaria varias bandas . porque bandas são vitrines, para que outras pessoas se indentifiquem com elas, eu por exemplo tenho uma banda undergroud de hiphop e temos um patrocinio de uma loja de marcas famosas aqui e esta loja ja obtem um bom resultado por apostar em nosso stylo artistas lançam modas inventam e a rapaziada se indentifica as vezes aquela coleção que não deu certo o artista consegue dar um toque especial naquela peça e vende muito..se vc tem uma marca , uma loja , apoiem bandas alternativas ...abraço a todos os leitores R-negrao projeto contem glúten itapetininga sp

  2. Será que alguém já pensou em patrocinar um professor?! Andei pensando, dou aula a uma média de 500 a 800 alunos regularmente por ano... se eu fosse empresário, pensaria em investir em alguém assim.

  3. Tenho uma marca de fatos de banho que começou como uma brincadeira mas que devido a grande aderência tornou-se séria, mas tive de parar temporariamente pois não estava a conseguir dar resposta a demanda, nao consigo ir em frente por não ter apoio financeiro, como posso ir em frente?

  4. E por acaso a minha marca é de fatos de banho estampados 🙂

  5. Olá,eu gostaria muito de ser patrocinada por algum tipo de marca, porém nunca tive chance, eu gostaria de saber como eu faço pra isso se realizar!?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Personalização Têxtil

Estamos disponíveis para te ajudar a criar a tua marca de roupa ou o teu merchandise personalizado com os teus próprios logótipos.

Trabalhamos para empresas e privados sem mínimos de produção.

Posts Recentes
Segue-nos