Simples passos para recuperar a Over It

Martim Neves

Não é segredo nenhum que nos últimos anos a Over It desapareceu. No entanto continua a ser uma marca com um potencial enorme. O Martim Neves - hoje com cerca de 20 anos - continua com uma mina de ouro nas mãos que só não aproveita se não quiser.

.

Vamos por partes.

Lançar uma marca de roupa não é uma tarefa fácil. Vender t-shirts personalizadas garantidamente não é para todos; é algo difícil e que dá muito trabalho. No entanto ele tem um vantagem gigante! As pessoas já o conhecem. Quando dizemos "Over It", há centenas de milhares de pessoas que se lembram de imediato da história dele. Só isso já tem um valor incalculável!

.

Ele cometeu demasiados erros - deixar a marca ao abandono foi o maior deles - mas acredito que ainda vá a tempo de fazer alguma coisa para a recuperar.

.

Estes são alguns passos que eu tomaria para recuperar a Over It.

 

Contactaria os media

Não é fácil aparecer na TV, ser entrevistado ou ter qualquer tipo de exposição. No entanto o Martim já tem contactos e tem uma história para apresentar. Porque não pelo menos tentar aproveitar a sua história para relançar a marca? Todos aqueles que o tentaram entrevistar em 2013 talvez continuem a ter algum interesse se ele fornecer alguma informação nova. Porque não um jovem universitário que tenta relançar uma empresa? Não se fala tanto de empreendedores? Ele já tem uma vantagem enorme, que é acesso a esses contactos, não lhe custa nada tentar.

.

.

Lançaria uma loja online

Este foi um dos erros capitais que o Martim cometeu com a Over It. Critiquei-o em 2013 e continuo a criticá-lo hoje.

Gerir todos os pedidos através de mensagens do Facebook é uma tarefa herculeana e, principalmente, um trabalho destinado a falhar. Com um investimento de apenas algumas horas poderia ter feito uma loja online no BigCartel ou outras plataformas online e apenas precisava de se sentar e esperar que as encomendas entrassem. A partir daí tratava-se unicamente de recolher o dinheiro e tratar dos envios.

Este seria o meu PRIMEIRO passo. Nada vale a pena fazer se não tivermos uma forma eficaz de captar encomendas.

.

.

Faria um blog/canal de Youtube

Já pouca a gente lê hoje em dia - vejo isso claramente através deste blog e as estatísticas que daqui tiro - mas neste caso há uma história de interesse por detrás da marca. O Martim Neves poderia aproveitar a história de como a Over It começou para alavancar algumas vendas. Ele continua a ter uma história muito interessante para contar, porque não fazê-lo? Esta dica vem no seguimento das entrevistas e do que pode ser escrito nos media sobre ele. É importante dar algo às pessoas para que possam ler/ver e voltar a relembrar a cara e a marca.

Por vezes um pequeno vídeo bem produzido (não é preciso nada profissional) é suficiente para reavivar a memória de muita gente. Melhor ainda, tem perto de 60.000 fãs no facebook. Porque não gastar 100€ e fazer publicidade paga na plataforma? Faça um vídeo a explicar os últimos anos e a marca e faça um post patrocinado em que atinja aqueles fãs. BAM, centenas de vendas garantidas!

.

.

Relançava a marca ORIGINAL

Critiquei recentemente as mudanças que foram feitas ao logo da Over It. Critiquei também o caminho "high end" que de repente quiseram seguir. Esta é uma marca que as pessoas gostavam por ser económica e simples. Deixaram de sentir qualquer apelo à mesma por ter mudado por completo. Tornou-se complexa e cara. Deixou de haver algo personalizado por trás dela. Ninguém compra uma marca de roupa desta forma.

Se eu pegasse na marca, esquecia todos aqueles artigos caros (blusões e afins). Voltaria ao logo original e lançava uma nova colecção com essa nova marca. Faria uma sessão de fotos e alguns vídeos promocionais com estilo DIY. Sweatshirts e T-Shirts. Simples. Apelar à nostalgia, alavancar com algo que as pessoas já conhecem.

.

.

Estas são apenas algumas formas de reavivar a marca. O Martim Neves tem a enorme vantagem de já ser conhecido, torna-se simples fazer algo com tamanho razoável se apelar ao lado nostálgico das pessoas.

Há muito mais que ele pode fazer, voltando aos básicos com que trabalhava. Porque não fazer uma festa, reunindo os seus - muitos - amigos? Porque não o bilhete dessa festa ser um artigo de roupa Over It? Quem já tem algum artigo entra de graça, quem não tem paga bilhete com oferta de uma t-shirt. É um moço que claramente tem imensos amigos, não é algo difícil de fazer acontecer. Tem uma plataforma com perto de 60.000 fãs que pode a qualquer momento recuperar, basta querer.

.

E tu, que farias para que a marca do Martim voltasse a crescer?

.

.

estampagem têxtil

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Personalização Têxtil

Estamos disponíveis para te ajudar a criar a tua marca de roupa ou o teu merchandise personalizado com os teus próprios logótipos.

Trabalhamos para empresas e privados sem mínimos de produção.

Posts Recentes
Segue-nos