A evolução do marketing - Como promover uma marca de roupa (Video)

Aqui ninguém é um guru dos media, não retirem nada disto como verdade absoluta. Somos apenas pessoas que se preocupam em manter vivo o espírito deste blog, manter viva a partilha de informações sobre como criar uma marca de roupa e - com um pouco de trabalho - ter sucesso ao fazê-lo.

.

.

Acho que é natural dizer que hoje muita coisa mudou desde que iniciámos este blog. Na verdade (e tive de ir às estatísticas para ver quando o criámos) já lá vão 7 anos desde o primeiro artigo no blog. Falamos de Julho de 2010, uma altura em que o mundo era completamente diferente.

.

Nos dias de hoje é seguro dizer que muito mudou, começando pelas ferramentas que temos disponíveis, passando pela vontade que as pessoas têm de ler, um blog já não é um local natural para se procurar informações. Fazer um artigo longo, com várias páginas e milhares de palavras já não é a forma correcta e mais eficaz de se comunicar. A atenção que as pessoas podem despender tornou-se muito mais curta - há muito mais ruído na internet e na nossa vida - e é necessário encontrar novas ferramentas que nos permitam chegar aos nossos clientes ou, se TU fores uma marca de roupa ou estiveres numa posição em que procures atingir o teu público alvo, tens de encontrar as ferramentas do presente e do futuro. Isto não significa que o texto morreu. NÃO, continua a ser extremamente importante, mas já não é o único meio de chegar a quem procuras..

Tem atenção, há 7 anos, quando o blog foi iniciado, eu era mais jovem, surfava na onda do que estava na moda. Muito aconteceu, já não me encontro a par do que é o Twitch, nunca entendi a lógica do Snapchat e estas novas redes sociais da juventude, mas ainda tenho umas dicas para dar quando queres atingir o teu público alvo.

.

.

BEM VINDO A 2017 - O ano do vídeo

.

Já há alguns anos que sinto que o ano do vídeo está a chegar. Nós começámos a apostar em vídeo em 2016. Envolveu a compra de uma câmara de vídeo com uma qualidade decente (mas começou com um telemóvel) e um tripé. Na verdade dizer que não se tem bom equipamento não é desculpa para ninguém. Hoje os telemóveis têm câmaras com enorme qualidade e todos eles filmam em HD. Na realidade que mais precisamos? Alguns dos melhores vídeos da Internet foram filmados com telemóvel.

.

 

Aconselhamos-te começar por criar uma página no Youtube. Esta é "A" rede social do vídeo. Todo o propósito do Youtube é partilhar vídeo e é recebido com muito carinho (SEGUE O NOSSO CANAL NO YOUTUBE). Dá um pouco de trabalho conseguir seguidores que se interessem pelo nosso conteúdo mas o segredo é ser persistente e dar-lhes conteúdo de valor.

 

Tens uma marca de roupa? Eis algumas ideias básicas.

  1. Quando fizeres a sessão fotográfica para a tua marca de roupa aproveita e mete uma câmara a filmar num canto. Aproveita esse vídeo e faz um timelapse. BAM! tens um vídeo.
  2. Porque não aproveitar e enquanto alguém tira as fotos (um amigo, porque não?), pega na câmara e filma por alguns ângulos diferentes, cria uma história, fala com os modelos. BAM! tens um vídeo.
  3. Quando estiveres a estampar t-shirts connosco, pede-nos para dares um salto à empresa e fazeres um vídeo da produção em serigrafia ou impressão directa. Filmas 5 ou 10 minutos do processo e BAM! tens um vídeo.
  4. Quando estiveres no processo de design, pede a alguém que te ajude a filmar enquanto trabalhas. Aproveita e utiliza um programa que filme o ecrã e BAM! tens um vídeo.

.

 

Em nenhum destes casos precisas de te expôr e todos estes vídeos são extremamente simples de fazer e editar. São apenas 4 simples ideias num mar enorme de coisas que podes fazer. Não tens jeito para filmar? Não te preocupes, estás a lançar uma marca de roupa pequena, ninguém espera que tenhas equipamento profissional e estabilizadores de vídeo. Faz o melhor que conseguires e vai melhorando com a experiência.

.

Vamos assumir que já fizeste um destes 4 vídeos. Já tens conteúdo, já o colocaste no Youtube e agora precisas de o promover. Como fazer?

.

CONTEÚDO EM CONTEÚDO EM CONTEÚDO

Há umas semanas li um dos artigos mais interessantes da minha vida. Escrito pelo Gary Vaynerchuk, fala sobre a reutilização de conteúdo.

Imagina o seguinte caso. Tens um vídeo de 5 minutos no Youtube. O que fazer agora? Colocas um link para o vídeo no Facebook? É uma opção.. não necessariamente a melhor (se discordas, diz-nos nos comentários). Pensa em quanto tempo realmente investes a ver um vídeo no Facebook. Certamente não 5 minutos, talvez 20, 30 segundos? Há sempre algo mais à tua espera no feed e vais querer fazer "scroll" de novo para ver o próximo conteúdo.

.

O que o Gary nos diz sobre isto é extremamente simples. MASTIGA, BARALHA E VOLTA A DAR! Pega naquele conteúdo que já fizeste para o Youtube, escolhe um clip de 30 segundos e coloca-o no Instagram.

Escolhe outro clip de 30/60 segundos e coloca-o no Facebook. Em todos eles, aponta para a rede social que estejas a privilegiar.

.

Eis um exemplo.

.

Vídeo completo no Youtube

.

Variação "snippet" no Instagram

https://www.instagram.com/p/BP7HHYFACjG/?taken-by=maudlinmerchandise

.

Este vídeo completo pode ser encontrado AQUI, mas isso não nos impediu de escolher um pequeno clip e de o carregar para o Instagram. Demos um preview de ~30 segundos do que o vídeo fala, demos um pouco de conteúdo para agarrar o possível cliente e depois puxámo-lo para onde o queríamos.

.

Eis outro exemplo, agora no Facebook.

 

Adicionámos alguns vídeos ao nosso canal do Youtube, fizemos uma imagem interessante e cativante e colocámos no Facebook com o link para o nosso canal. Foi um trabalho de 5 minutos que irá puxar vários clientes para onde os queremos. Em vez disso poderíamos ter trabalhado de forma diferente e colocado um dos vídeos no Facebook a apontar para o Youtube, como fizemos no Instagram. Teria sido uma opção igualmente correcta e fazemo-lo várias vezes, é tudo uma questão de variar e ir experimentando opções diferentes para ver o que funciona sem cansar o cliente.

.

.

Há muito mais a falar sobre isto e aconselho como leitura o artigo do Gary (que já li, reli e voltarei a ler) para criar a tua estratégia para conteúdo. Com cada vez mais formas de promover a tua marca de roupa, por vezes torna-se um pouco difícil estar em todo o lado e fazer conteúdo interessante para todas as plataformas. Esta técnica de baralhar e voltar a dar é uma excelente forma de conseguir estar presente em todo o lado de forma relativamente simples e rápida. É tudo uma questão de dar aos clientes o que eles procuram, fazer algumas coisas interessantes e puxá-los para onde os queremos e sabemos agarrar.

.

Tens algum comentário, queres perguntar algo? Deixa abaixo, garantimos que tens resposta!

.

.

estampagem têxtil

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Personalização Têxtil

Estamos disponíveis para te ajudar a criar a tua marca de roupa ou o teu merchandise personalizado com os teus próprios logótipos.

Trabalhamos para empresas e privados sem mínimos de produção.

Posts Recentes
Segue-nos