Marcas de Roupa, Outros Artigos

Os erros do Martim


Não, este não é mais um artigo a crucificar ou a defender o Martim (esse está aqui, caso ainda não o tenhas visto). Não vamos falar de política nem do ordenado mínimo; se queres discutir esses pormenores, este não será o blog certo para ti. Este artigo reúne um conjunto de ensinamentos que as pequenas marcas de roupa deveriam tirar do que aconteceu com a Over It para se conseguirem preparar para o imprevisto.

O próprio Martim beneficiaria da leitura deste texto sobre o que fez mal e este sobre como recuperar a Over It.

.

O Martim fez tudo bem no plano de produção e marketing da marca. Fez estampagem de t-shirts em serigrafia, utilizou roupa de qualidade e soube promovê-la para o seu público alvo. Onde o Martim e a Over It falharam foi na altura de dar seguimento à oportunidade que lhe foi dada após o programa.

.

O Martim não se preparou devidamente

.

Ser convidado para ir a uma estação televisiva falar sobre o teu negócio em directo e em prime time pode ser o ponto de viragem para a tua empresa; é garantido que vais ter acesso a um número totalmente absurdo de pessoas e que haverá um pico enorme de pessoas a ver a tua marca (a página de Facebook da Over It cresceu de 10.700 fãs para quase 40.000 em 3 dias). O potencial de te acontecerem coisas boas é ENORME!

.

O problema é que estes picos são muito passageiros; duram horas, dias, semanas se tiveres sorte. Tens de capitalizar nas primeiras horas ou então acabou... Este foi um dos erros do Martim.

.

.

Os erros do Martim

.

Erro Nº1

O Martim já devia ter uma loja online pronta a receber encomendas. Nem era preciso ir à TV; é algo que qualquer marca deveria ter. Já aqui falámos sobre o quão fácil é fazer uma loja gratuita e muito profissional com a BigCartel. Em 10 minutos consegues ter a tua própria loja e vender a tua roupa sem qualquer esforço.

A realidade é que entre o momento em que o Martim falou e o momento em que chegou a casa já poderia ter vendido o seu stock inteiro de camisolas.

.

Não o tendo feito enfrenta agora uma tarefa quase herculeana; responder a todas as mensagens que recebeu com pedidos de t-shirts, falar individualmente com as pessoas e vender as peças uma a uma. Entretanto já algumas pessoas mudaram de ideias ou se desinteressaram. São vendas que já não vão acontecer porque deixou passar o momento certo.

.

.

Erro Nº2

O Martim deixou passar demasiado tempo até dar sinais de vida; passaram quase 48 horas entre a emissão do programa e a primeira mensagem no Facebook. Para quem seguiu o desenrolar de todo este processo certamente viu a mudança do tipo de comentário na página da Over It. Julgo que até os podemos dividir em três fases diferentes.

.

Fase 1 >> Imediatamente a seguir ao programa houve comentários quase 100% positivos em que as pessoas davam os parabéns e perguntavam como podiam comprar a roupa;

.

Fase 2 >> Passámos de  comentários e elogios muito positivos para pessoas a questionarem-se sobre o silêncio do Martim. Houve demasiadas questões por responder, muitas encomendas falhadas;

.

Fase 3 >> Tivemos finalmente o terceiro tipo de comentário. Apesar de injusto e ignorante, houve quem tivesse feito uma pseudo investigação demasiado tendenciosa sobre onde o Martim comprava as camisolas. Criou-se demasiada especulação e a opinião geral começou a verter para o lado negativo, mesmo com pessoas que inicialmente o apoiaram agora a crucificá-lo.

.

.

Foi só depois destes comentários negativos que o Martim resolveu escrever na página. Foi demasiado tarde para salvar a imagem da marca, mas nem tudo está perdido, como poderás ver aqui.

.

.

.

O timing é tudo e a verdade é que foi o que mais faltou ao Martim para capitalizar na fama repentina. É certo que ninguém esperava que houvesse uma explosão de interesse na Over It, mas temos de estar prontos para todas as circunstâncias.

Acredito que ele tenha ficado inicialmente deslumbrado com toda a situação; para alguém de 16 anos é fantástico ser o centro de atenções do país inteiro. Porra, mesmo que tivesse 40 anos e muito mais experiência de vida era muito fácil ficar deslumbrado e não saber o que fazer.

.

.

Artigos Relacionados

No Comments

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.