Nossos Serviços, Tutoriais, Vídeos

Como garanto que gosto do trabalho que vos pedir? (Video)


.

TRANSCRIÇÃO

.

Olá pessoal, Jorge Vieira para mais um vídeo para a Maudlin Merchandise e este vídeo é quase um “how to” como fazer as coisas, que é essencialmente como nos entregares as artes e os pormenores do teu trabalho, para que nós consigamos fazer um trabalho bom do nosso lado.

.

Ora, algo que é muito importante, diz-nos logo à partida, diz-nos exatamente qual é o tamanho do ficheiro, o tamanho da impressão que tu queres. Nós temos os nossos tamanhos padrão, pré-definidos, mas cada pessoa tem a sua sensibilidade, cada pessoa sabe exatamente aquilo que quer atingir e para isso precisamos que nos digas. Nós, por norma, quando fazemos um logo no peito esquerdo socorremo-nos do 5 por 10, 5 centímetros de altura ou largura por 10 centímetros oposto, obviamente que se a tua imagem for um 5 por 7 nós não vamos esticar até ao 10, fica 5 por 7, mas é algo que nós normalmente fazemos a olho, digamos assim, com a nossa experiência sabemos mais ou menos como fazer.

.

No entanto, nós sabemos que há clientes que têm uma medida muito especifica que querem, quando for esse o caso digam-nos, por favor não façam desta maneira, não nos enviem um ficheiro com a especificação do tamanho guardada com o tamanho que querem imprimir, não façam isso, digam-nos exatamente qual é, por texto, por escrito no e-mail qual é o tamanho que vocês querem para aquela impressão. Esta é a forma mais fácil para não haver erros, porque se vocês nos enviam um ficheiro já com aquele tamanho nós muitas vezes não adivinhamos, nós trabalhamos com dezenas de pessoas diferentes, todas elas trabalham de forma diferente, nós não adivinhamos que tu queres um 3 por 4, normalmente nós vamos fazer o 5 por 6, 5 por 7, por isso diz-nos no e-mail da confirmação da encomenda “ Eu quero o logotipo tenha 3 X 4 ou 4 X 5 cm” e assim nós garantimos que vais receber o teu trabalho com essa medida.

.

Depois, a cor da impressão e este é um tema um bocadinho complicado e que só por si já merecia um vídeo especifico só para ele, mas vamos tentar engloba-lo aqui. Ora, nós trabalhamos de quatro maneiras diferentes, nós trabalhamos com a serigrafia, trabalhamos com impressão direta, trabalhamos com o flex e trabalhamos com bordados. A impressão direta e o flex acabam por ser aqueles mais dúbios, aqueles mais complicados, porquê? Porque aquilo que tu vês no teu ecrã vai ser diferente daquilo que nós vemos no nosso ecrã e vai ser diferente também do que o rip da impressora vai querer imprimir, ou seja, aqui entre o que tu envias e o que nós imprimimos pode haver pequenas variações, dependendo de como temos o ecrã.

.

E para perceberes melhor esta questão do ecrã e da diferença que faz, imagina o seguinte: quando vais a MediaMarket, quando vais a Worten, quando vais a uma destas grandes superfícies eles têm sempre um painel gigante de televisões ligadas a dar exatamente a mesma coisa e tu podes comparar 3 televisões diferentes e as 3 vão ter as cores de forma diferente, tu vais estar a ver o mesmo filme, o mesmo vídeo mas de forma diferente em cada uma destas televisões. Ora, aqui é exatamente a mesma coisa, as definições que tu tens no teu monitor são diferentes das definições que nós temos no nosso, por isso, tu vês a imagem de uma maneira, nós olhamos e vemos de outra e quando passamos para a impressora, a impressora também vai codificar aquela imagem de forma diferente, vai imprimir no tecido que é mate de forma ligeiramente diferente daquilo que tu vês no teu ecrã, que normalmente é gloss, há variações que são impossíveis de definir. O mesmo exemplo, se tu imprimires uma folha num centro de cópias ou imprimires em tua casa vais ver que as cores são um bocadinho diferentes de um para o outro e aqui acontece exatamente a mesma coisa. Por isso, impressões digitais, nós tentamos atingir os tons que nós vemos no ecrã, mas poderá haver pequenas variações, poderá haver pequenas variações entre aquilo que tu vês e aquilo que chega, isto é importante perceber porque não há forma de garantir que fica exatamente igual, até entre modelos de t-shirt diferentes os resultados serão diferentes, porque uma tem mais algodão outra tem menos, uma agarra mais tinta outra agarra menos, por isso vai ter resultado ligeiramente diferentes. Isto para as impressões digitais.

.

Agora, por exemplo, para os bordados. Os bordados, se calhar, por um lado é mais fácil, por outro lado é mais difícil. É mais fácil porque não ficamos tão dependentes de uma impressora e de um monitor, mas temos cones de linha,  ora, não há um cone para cada percentagem de cor, para cada bonzinho diferente, há centenas de cores diferentes  nos cones, o como é onde vai a linha agarrada, mas todos eles têm referências diferentes, por isso, nós a olho temos de ir lá, temos de ver e ver o que é que se aproxima mais aquilo que está no monitor, isto também é importante.

.

E finalmente, na serigrafia, acaba por ser a opção mais simples, porquê? Na serigrafia nós temos uma tabelinha chamada Pantone, isto tem aqui milhares de cores diferentes, ora bem, e não só tem as cores, como tem como nós havemos de as conseguir, ou seja, nós pegamos aqui nesta tabela, pegamos e vemos quero o pantone 279, nós vamos ao computador e dizemos “eu quero este pantone como é que faço 2 Kg deste pantone” e o computador vai-nos dizer, “olha, tu vais pegar no azul mais claro e vais pegar neste azul 281, vais mistura-lo e vai-te dar um 279” e aí, as cores Pantone são internacionais, é definido, fica exatamente com aquele tom, com aquela cor, conseguimos garantir. Por isso, arranja tabelinha destas, Pantone Solid Coated, e aquilo que tu vês na tua tabela é aquilo que vai chegar, teoricamente, na t-shirt, na camisola ou na camisa ou onde quer que seja impresso, porque o tom é exatamente igual do teu lado e do nosso. Pronto, isto é importante.

.

Transforma a tua arte em CMYK, penso que já o disse, tons também já falei, estou aqui a tirar da minha cábula que é para não me estar a repetir e para não me falhar nada, e a parte mais importante é a comunicação, comunica connosco, se tu tens um tom específico em cabeça, se tens uma medida de impressão específica na tua cabeça diz-nos exatamente, nós estamos neste momento a fazer uma produção de 6000 sacos em que a cliente nos disse especificamente qual eram os tons que queria, imagina se não tivesse dito, nós fazíamos um tom um bocadinho mais claro ou mais escuro e vinha tudo para trás, era muito complicado, por isso, se nos disseres isso nós conseguimos garantir, em serigrafia, que vais receber exatamente a cor que tu estavas a espera, vais receber exatamente o trabalho que tu esperavas, com as medidas certas, no local certo, se puderes faz-nos uma maquete que mostre exatamente qual é a localização que tu queres a impressão, o tamanho que tu queres e nós garantimos que assim vais receber um excelente resultado.

.

E, por agora, é só. Está feito, se tiver ficado alguma dúvida, por favor, diz-nos abaixo e eu farei os possíveis para responder, seja por escrito, seja noutro vídeo, mas assina, subscreve o canal, coloca like neste vídeo ou thumbs up se for no Youtube e vemos-nos para a próxima.

Obrigado e até a próxima.

Artigos Relacionados

No Comments

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.