Marcas de Roupa, Outros Artigos, Tutoriais

Como criámos uma marca de roupa quase sem investimento - Parte 2


No último artigo demonstrámos como dar os primeiros passos com uma marca de roupa. É essencial fazer o nosso trabalho de casa, planear e estudar o mercado e como o vamos trabalhar. Longe vai o tempo em que fazer uma marca de roupa era meter uma palavra numa t-shirt e vender. Pumba! Em 2016, em concorrência directa com qualquer pessoa nos USA, Filipinas, Alemanha, etc, é preciso trabalhar e fazer algo diferente.

.

O nosso artigo está a ser dividido da seguinte forma:

  1. Proposta / Investimento / Passos necessários
  2. Designs
  3. Marketing para dar a conhecer o negócio
  4. Produção e propostas de valor

..

DESIGN

.

Na nossa proposta incluímos o design. Ora, o design para a marca de roupa é algo extremamente importante, se não for mesmo dos pontos mais essenciais. Afinal, ninguém vai gastar 10 ou 20€ numa t-shirt que não lhes diz nada ou que esteja mal feita.

.

No nosso caso, a verdade é que não temos experiência, tacto ou até os conhecimentos necessários para criar designs muito vendáveis. Assim, optámos por recorrer a bancos de imagens.

.

E o que são bancos de imagens, perguntas? Ora, excelente questão. Um banco de imagens é um local onde alguém com mais experiência que tu ou eu pode carregar imagens genéricas (ou não), que podem ser compradas e descarregadas por qualquer pessoa. Um excelente exemplo é o Shutterstock. O que aqui se faz é comprar créditos que equivalem a downloads. Eis um exemplo. Estas imagens podem ficar excelentes em t-shirts de criança, se for esse o objectivo. Como são imagens com bastantes cores e - teoricamente - impressas em t-shirts claras, a impressão directa faz um trabalho incrível na personalização.

Não é a forma mais correcta e muito menos a mais económica de criar uma marca, mas é sem dúvida uma forma de dar início a algo quando os nossos conhecimentos de design não são os ideais. Chamemos-lhe a democratização das marcas, já não é preciso ser especialista em Photoshop para se poder fazer algo bonito.

.

No nosso caso optámos pelo Shutterstock e por algumas imagens inspiracionais e livres de direitos de autor. Podes ver a nossa loja aqui com alguns designs comprados no Shutterstock e outros da nossa própria autoria.

.

No próximo artigo falaremos do marketing que é essencial para dar a conhecer a marca e para arrancar com o projecto.

.

.

Artigos Relacionados

4 Comments

  • Reply Zé Ribeiro 06/07/2016 at 15:30

    Boa tarde, ao usar o shutterstock, para usar em bens para venda, ou seja, para legalmente poder usar em t-shirts, sweats, etc., tem que ser com a licença ampliada, certo?

    • Reply Jorge Vieira 06/07/2016 at 15:47

      Para ficar tudo legal, sim, convém ser com a licença ampliada. No entanto existem mais sites de arte stock e até de arte gratuita onde não precisa de uma licença cara

  • Leave a Reply

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.